Start Planning
Dia da Consciência Negra

Dia da Consciência Negra 2019 e 2020

O Dia da Consciência Negra ocorre todo dia 20 de novembro para honrar a grande população de afro-brasileiros no Brasil. O feriado também é conhecido como Dia de Zumbi dos Palmares.

AnoDataDiaFeriados
201920 de novembroQuarta-feiraDia da Consciência Negra *
202020 de novembroSexta-feiraDia da Consciência Negra *

Nota: o Dia da Consciência Negra é feriado apenas no Rio de Janeiro.

O Dia da Consciência Negra é celebrado no dia 20 de novembro, mas o mês inteiro de comemoração é conhecido como Novembro Negro. Esse é o feriado mais importante para a comunidade negra no Brasil. Embora o Dia da Consciência Negra seja reconhecido nacionalmente, ele é mais celebrado no Rio de Janeiro, em São Paulo, Campinas, Marabá e Vilhena.

O Dia da Consciência Negra traz reconhecimento para a luta dos negros no Brasil. Desde os tempos coloniais, as pessoas das comunidades negras brasileiras são sujeitadas a grave racismo e desigualdade. Esse feriado permite que as pessoas das comunidades negras brasileiras defendam seus direitos, sua cultura e sua independência. O Dia da Consciência Negra também permite que as pessoas honrem os aspectos únicos da cultura afro-brasileira.

História do Dia da Consciência Negra

Quando as companhias de negócios portuguesas chegaram ao Brasil pela primeira vez, os agrimensores perceberam que a área tinha terra rica que era ideal para a produção de cultivo comercial. Para maximizar a produtividade, os portugueses oportunistas compraram grandes quantidades de escravos da Serra Leoa e de outras áreas da África Ocidental. Esses africanos foram desumanizados e eram tratados com crueldade.

No final do século XVII, um africano chamado Zumbi decidiu que não permitiria mais que seu proprietário português o maltratasse. Zumbi escapou da plantação onde trabalhava e formou Palmares. Palmares se tornou uma comunidade para escravos que se autolibertaram. Essa comunidade deu esperanças à população escravizada do Brasil.

As ações de Zumbi foram o estopim de um espírito de resistência entre os afro-brasileiros e os militares portugueses colocaram uma recompensa por sua cabeça. Em 1695, Zumbi foi traído por um amigo. Os soldados portugueses capturaram e executaram Zumbi em 20 de novembro de 1695. Isto transformou Zumbi em um mártir. Ao invés de desanimar os africanos escravizados, a morte de Zumbi os inspirou a resistir a todo custo.

O Dia da Consciência Negra se tornou um feriado oficial em 2003, após a aprovação da lei 10.639. O feriado é observado no dia 20 de novembro para honrar o sacrifício de Zumbi por seu povo. Como mais da metade dos brasileiros têm origens africanas, espera-se que o feriado cresça no futuro.

Muitos afro-brasileiros vão às ruas no dia 20 de novembro para participar da Caminhada da Liberdade. Esses desfiles são grandes eventos culturais que exibem o grande tamanho e importância das comunidades negras no Brasil. Temas políticos são comuns nessas procissões.

Accept